Gostou do artigo? Compartilhe!

Quando consultar um cardiologista?

A+ A- Alterar tamanho da letra
Avalie este artigo

                   QUANDO CONSULTAR UM CARDIOLOGISTA

 

 1. SE VOCÊ APRESENTAR SINTOMAS – São eles: dor no peito, dores de cabeça (principalmente na nuca), palpitações ou acelerações, tontura, desmaios, dormências, falta de ar (em repouso ou aos esforços), tosse seca, pulsações das artérias do pescoço, inchaço das pernas (que pode piorar até chegar à barriga), entre outros.

 

 2. SE VOCÊ NÃO TEM SINTOMAS MAS TEM FATORES DE RISCO – São eles: hipertensão arterial (pressão alta), Diabetes, Dislipidemia (colesterol alto), tabagismo, fatores familiares (pais e parentes próximos com doenças cardíacas), obesidade, sedentarismo, etilismo (álcool em excesso), entre outros.

 

3. PARA AVALIAÇÕES EVENTUAIS NECESSÁRIAS – Quando se torna fundamental conhecer a saúde do seu coração para a sua segurança - São elas: para iniciar a prática de atividades físicas e seu acompanhamento e resultados (ex: academia), para realizar avaliação pré-operatória (risco cirúrgico), entre outras.

 

4. PREVENÇÃO – com o aparecimento cada vez mais precoce de doenças cardíacas, muitas vezes sem provocar nenhum sintoma, e com o aumento alarmante de mortes súbitas cardíacas no mundo todo, a realização de checkup de prevenção tem se tornado avaliação obrigatória e altamente recomendada.

Autor

Dr Eduardo Maximiano Emerick

Dr Eduardo Maximiano Emerick

Eletrofisiologia Clnica Invasiva, Cardiologista

Especialização em Residncia Mdica em Arritmologia no(a) Hbdf - Hospital de Base do Distrito Federal- Braslia - Df.